CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

16 de jul de 2018

PARA REFLETIR: SOBRE A CANDIDATURA POLÍTICA DE LIDERANÇAS RELIGIOSAS...


Bom dia...

Eis aí um tema bastante polêmico presente na sociedade brasileira e em debates na mídia, no meio jurídico, nas redes sociais, em grupos privados que usam plataformas de mensagens instantâneas pelo celular, etc.
Sobre este tema eu entendo o seguinte: 

1) Devido estarmos numa sociedade regida pelo regime democrático todo e qualquer segmento, inclusive religioso, tem o direito de levantar e indicar lideranças aos cargos políticos, pois todos os demais segmentos da sociedade assim fazem (segmentos de todos os ramos de negócio inclusive do agronegócio, setores dos esportes, setores das forças armadas, das policias militares, os milicianos, até, infelizmente que não deveria ocorrer, o narcotráfico e demais segmentos do crime organizado, etc). 
2) Porém, devido à instituição Estado ser laica ninguém deveria colocar pautas religiosas acima das demais pautas (sociais, econômicas, ambientais, etc). 
3) Também entendo que qualquer candidato ligado à qualquer religião (assim como os candidatos representantes de corporações militares, etc) não deveria se candidatar usando os títulos de ofícios que eles atuam em seus segmentos religiosos, militares, pois a finalidade da instituição Estado e sua forma de fazer as coisas (estilo de governo) é diferente das instituições religiosas, militares, etc (embora saibamos que dentro das religiões e demais segmentos da sociedade muita política ocorre, seja ela interna pela disputa de poder, território e outras coisas dentro do segmento religioso, seja ela externa pela disputa de poder, território, etc), valendo salientar que, em tese, todo e qualquer candidato político ao ser eleito deve trabalhar em prol de ações pelo bem comum do povo e da nação e não do seu segmento religioso, militar, empresarial, etc!
4) Se o Estado laico permitir que as brigas que os diversos segmentos religiosos têm entre si sejam trazidas para dentro da práxis política do Estado, adeus sociedade e Estado democrático de direito e ainda estará abrindo a porta para que o fundamentalismo religioso provoque guerra civil e entre Países como já vimos e temos visto ao longo da História da humanidade (Inquisição, Irlanda Católica contra Irlanda Protestante, os fundamentalistas islâmicos do Oriente Médio, da África, etc tais como os Talebã, Isis, Boko Haram, Hamas, etc)! 
5) Ainda entendo que deveria ter uma lei no Brasil que obrigasse o líder de qualquer segmento religioso que fosse se candidatar e também depois de ter vencido as eleições se licenciar das atividades de ofício religioso, pois como Alguém já disse "ninguém pode servir a dois Senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro"...(Mateus 6:24). A mesma lei deveria também obrigar que pessoas ligadas aos diferentes ramos de negócio e setores da sociedade ao ganharem as eleições serem afastadas dos grupos e das empresas que são acionistas, diretores, etc...Entendo que se estas leis existissem estaríamos de fato contribuindo para que a sociedade brasileira tivesse representantes políticos que trabalhassem prioritariamente pelo bem comum do povo e da nação e não pelos interesses particulares dos segmentos (religioso, econômico, etc) que eles representam. 
- Sabe, eu me lembro que quando a Constituição promulgada em 1988 estava sendo elaborada eu estava fazendo o curso de Sociologia e, então, certa vez uma Professora de Sociologia nos falou algo muito interessante: ela disse que a sociedade brasileira era bastante segmentada onde cada grupo apenas buscava o benefício do seu grupo e não o bem comum da sociedade em geral, e, ainda comentou que a segmentação da sociedade brasileira estava sendo vista inclusive na Constituinte, pois cada grupo chegava e entregava aos parlamentares que estavam elaborando a Constituição apenas pautas particulares e não pautas nacionais de interesse relevante para toda a sociedade! E, até hoje é assim e podemos ver claramente isto de forma aceita como normal e estabelecida como prática política no Congresso Nacional: a bancada (frente, na verdade, tribo) do agronegócio, da bola, da bala, da Bíblia, LGBT, etc...
- Já se passaram 30 anos da Constituinte e a nossa Constituição neste ano (em Outubro) estará fazendo 30 anos e, infelizmente a sociedade brasileira não avançou como deveria em termos de consciência cidadã de tal modo que vemos todos os segmentos da sociedade colocando pautas particulares acima de pautas nacionais, algumas delas até mesmo esdrúxulas e que desvirtuam o objetivo da instituição Estado Republicano! 
- É por isto que eu digo que os problemas políticos do Brasil têm como duas das principais causas a realidade de que a maioria do povo não sabe o que é de fato ser um cidadão em uma sociedade democrática regida por princípios Republicanos e também a realidade de que até hoje o Brasil não tem de fato um projeto de nação, ou se o tem não está claro e nem foi assimilado pelo povo! Em termos de prática política, temos aquilo que eu chamaria de uma cultura de tribo onde cada tribo tenta impor a sua visão de mundo, de sociedade e de civilização sobre as demais tribos e acima da própria finalidade de existência de uma nação e de um Estado laico, democrático e Republicano...   
Ass: Carmem....

10 de jul de 2018

PARA REFLETIR...

MANIFESTO DOS GOVERNADORES QUE DEFENDEM A JUSTIÇA E LULA LIVRE


"Na manhã de hoje, o povo brasileiro recebia a auspiciosa notícia da libertação do Presidente Lula. O Desembargador competente para apreciar liminares durante o plantão reconduzia o Brasil à senda da legalidade democrática e respondia às aspirações nacionais de reconstitucionalização do país.
A condenação do Presidente Lula se deu de forma contrária às leis brasileiras e à jurisprudência de nossas cortes superiores. A decisão condenatória foi proferida por magistrado desprovido de competência legal, cujas condutas têm revelado, reiteradamente, total ausência de imparcialidade. Basta lembrar da divulgação ilegal de diálogos telefônicos mantidos pelo Presidente Lula, que foi prontamente rechaçada pelo Supremo Tribunal Federal.
Agora, o mesmo magistrado, atipicamente, se insurgiu contra a decisão do desembargador de plantão, determinando às autoridades policiais que se abstivessem de cumpri-la. Essa atitude revela muito mais que zelo na condução dos processos submetidos à sua jurisdição: revela inaceitável parcialidade, além de desprezo pela organização hierárquica do Judiciário.
De modo ainda mais atípico, o Desembargador prevento antecipa o retorno de suas ferias e avoca o julgamento do habeas corpus, revogando a liminar concedida.
Lula, como todos os brasileiros, não pode ser beneficiado por privilégios ilegais. Mas também não pode ser perseguido, como evidentemente tem sido.
Apenas a aplicação imparcial das leis que dispõem sobre a liberdade e as condições de elegibilidade podem dar lugar a eleições legitimas em 2018.

Assinam o manifesto os governadores da Bahia, Paraíba, Piauí, Sergipe, Minas Gerais, Acre, Pernambuco e Ceará".

Fonte: https://www.ocafezinho.com/2018/07/09/manifesto-dos-governadores-que-defendem-a-justica-e-lula-livre/


Eu ainda digo o seguinte: Pela primeira vez na minha vida eu vi um funcionário público de uma instituição (Ministério Público), intervir em outras instituições (TRF-4 e Polícia Federal), ainda mais estando em férias num outro País, ainda mais passando por cima de outro funcionário público de outra instituição e que hierarquicamente está acima dele e ainda mais interferindo num processo que não mais está nas suas mãos! É muito grave isto e já imaginaram se todo mundo agora resolve que as determinações da justiça devem ser desobedecidas e hierarquias não devem ser respeitadas? Com certeza adeus ao Estado Democrático de Direito, adeus ao Pacto Federativo, adeus às hierarquias militares, judiciárias e políticas, o Brasil rumo a uma guerra civil, etc...





https://youtu.be/PKqevKH2hXQ

11 de mai de 2018

PARA REFLETIR...



Muito interessante este vídeo e sua mensagem, principalmente neste momento difícil que nós, brasileiros(as), estamos vivendo onde estamos inclusive refletindo sobre o que é a sociedade brasileira, seus problemas, suas contradições, buscando mudanças e novas alternativas e onde percebo muitas pessoas recorrendo a pretensas "lideranças carismáticas e seus messianismos" com seus personalismos políticos e suas arcaicas formas de fazer as coisas, fatores estes os quais que já demonstraram não darem certo na História do Brasil...

22 de abr de 2018

PARA REFLETIR: DIA DA TERRA...22 DE ABRIL......


https://youtu.be/q8v9MvManKE


E, falando em Dia da Terra, abaixo estão dois vídeos os quais a cada vez que os assisto, mais aprendo e mais me torno consciente de muitas coisas, pois se minha pessoa já possuía uma consciência a respeito de determinadas coisas, depois destes dois vídeos que assisti e outras coisas que eu tenho pesquisado a minha consciência aumentou muito mais, e, sempre que assisto estes vídeos eles me fazem refletir muitas coisas como ser humano e profissionalmente...


https://youtu.be/WfGMYdalClU


https://youtu.be/41Skj89UrjQ